A História de Anne Frank - Retro Nostalgico

ULTIMAS

O Retro Nostalgico tem o proposito de mostrar como era o passado e como as pessoas eram felizes

ANUNCIOS

terça-feira, 11 de abril de 2017

Retro Nostalgico , A História de Anne Frank , História ,
A História de Anne Frank 4 5 1

A História de Anne Frank


A História de Anne Frank

Annelies Maria Frank conhecida como Anne Frank nasceu em 12 de junho de 1929 na Holanda, era a ultima filha do casal Otto Frank e Edith Frank Hollander. Sua irmã mais velhe era Margot Frank. A família eram de judeus, mas não seguiam os costumes e tradições do judaísmo, mas viviam em uma comunidade de cidadãos judeus e de outras religiões.

Edith Frank Hollander a mãe de Anne Frank era a mais devota da família e seu pai era mais interesado nas atividades acadêmicas. Mas em 13 de março a paz da familia Frank teria chegado ao fim por causa das eleições que estavam ocorrendo em Frankfurt para o conselho municipal, junto com o partido nazista de Adolf Hitler saindo com a vitória.

E nisso começou as manifestações antissemitas, e os franks começaram a temer o que poderia acontecer com eles, caso eles continuassem na Alemanha. 
Após isso a Edith e as filhas foram morar na cidade de Aachen, para morar com sua avó materna das meninas, Rosa Hollander, mas Otto, permaneceu em Frankfurt, mas depois de receber uma oferta para iniciar uma empresa em Amsterdã, se mudou para a Holanda.
Nisso milhares de judeus também se mudaram da Alemanha.

A História de Anne Frank


A empresa de Otton Frank foi chamada de Opekta Workds, e vendia estratos de frutas para fazer geleias. Em fevereiro de 1934 Edith e suas filhas chegaram a Amsterdã.
Em 1938  Otton Frank abriu uma outra empresa, Pectaron, que comercializava evas e sais e temperos para fazer salsicha. Otton tinha Hermann Van Pels como seu empregado.

Em 1940, a Alemanha Nazista invadiu a Holanda, e o governo começou a perseguir a população judaica, e criando leis que eram para discriminar os judeus, e criaram leis que obrigariam a segregação. 
As irmãs frank foram obrigada a parar seus estudos, e somente podiam estudar em escolas judaicas. 
Para que suas duas empresas não fossem confiscadas, Otton transferiu suas ações, e as empresas foram liquidadas, e transferiu para Jan Gies, esposo de Miep Gies, mas os lucros era somente para que pudesse gerar uma renda minima, para que pudesse sustentar a família.

Quando Margot recebeu um aviso de convocação do Escritório Central de Emigração Judaica, e isso Morgot teria que ir viver em um campo de trabalho. Seu pai Otto Frank disse para a sua família que eles teriam que se esconder em um quarto acima nas instalações de Opekta, em uma rua perto dos canais de Amsterdã, onde eles ia receber ajuda de colaboradores mais confiveis.

EM 6 de julho de 1942, a família mudou-se para o esconderijo, no Anexo Secreto. Otto teria deixado um bilhete dizendo que ele e sua família teria ido para a Suiça, para que ninguém pensasse que eles estivessem no anexo.
Quando Anne Frank completou 13 anos, Anne ganhou de presente de aniversário de seu pai, Anne frank começou a usar o livro como diário, e escrevia tudo o que passava com ela e com sua família.
Os Franks receberam ajuda de Miep, Jam Gies, e o pai de Bep, Johanes Hendrik Voskuijl, 

Em 13 de julho de 1942, vieram outros judeus para se abrigar na casa dos Franks, a família Van Pels, e me novembro Fritz Pteffer, que era um dentista e amiga da família. Anne teve a oportunidade de escrever mais sobre o que passava entre eles e os novos moradores, e anne frank deu seu primeiro beijo com um dos Van Pels, o Petter Van Pels, de 16 anos.

A História de Anne Frank

Na manhã de 4 de 1944, o anexo foi descoberto por causa de um informante, e a grupo da policia alemã que era liderada pelo SS - Oberscharführer. Os franks, e os Van Pels, e Pteffer foram detidos. 
Eles foram levados para um campo de concentração de Westerbork,, onde viviam 100 mil judeus  e tiveram que fazer trabalhos forçados.
Em 3 de setembro de 1944, a familia Frank e outros grupos, foram deportados para o campo de concentração de Auschwitz.

Anne Frank com 15 anos,  foi umas das jovens que foram poupada da morte, as irmãs franks tiveram vários tipos de problemas, de fome e sofreram de tifo e outras enfermidades
Em julho de 1945, a cruz vermelha confirmou a morte das irmãs Franks.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial