O primeiro filme brasileiro de 1913 - Retro Nostalgico

ULTIMAS

O Retro Nostálgico é um site para aqueles que querem lembrar do passado e lembrar de como era bom viver naquele tempo

ANUNCIOS

terça-feira, 11 de abril de 2017

O primeiro filme brasileiro de 1913

O primeiro filme brasileiro de 1913

Os óculos do vovô é um filme mudo brasileiro de 1913, e o mais antigo filme de ficção brasileiro ainda preservado.
Dirigido pelo português Francisco Dias Ferreira dos Santos (1873-1937) o filme foi originalmente produzido na cidade de Pelotas pela empresa Guarany Fábrica de Fitas Cinematográficas. Fragmentos dele foram resgatados na década de 1970 e a versão que se tem preservada possui pouco mais de quatro minutos.
O filme conta a simples mas divertida história de um menino "traquinas", que pinta as lentes dos óculos de seu avô enquanto ele dorme. O homem, ao acordar, pensa ter ficado cego.
O menino pinta os óculos de seu avô enquanto este dorme. Ao acordar, o avô toma um susto, imaginando ter ficado cego, criando uma série de confusões na casa.
logo do facebook
Textual description of firstImageUrl
melhor site nostalgico do brasil
Textual description of firstImageUrl
O primeiro filme brasileiro de 1913
4/ 5 stars - "O primeiro filme brasileiro de 1913" O primeiro filme brasileiro de 1913 Os óculos do vovô  é um filme mudo brasileiro de 1913, e o mais antigo filme de ficção brasileir...

O primeiro filme brasileiro de 1913

O primeiro filme brasileiro de 1913

O primeiro filme brasileiro de 1913

Os óculos do vovô é um filme mudo brasileiro de 1913, e o mais antigo filme de ficção brasileiro ainda preservado.
Dirigido pelo português Francisco Dias Ferreira dos Santos (1873-1937) o filme foi originalmente produzido na cidade de Pelotas pela empresa Guarany Fábrica de Fitas Cinematográficas. Fragmentos dele foram resgatados na década de 1970 e a versão que se tem preservada possui pouco mais de quatro minutos.
O filme conta a simples mas divertida história de um menino "traquinas", que pinta as lentes dos óculos de seu avô enquanto ele dorme. O homem, ao acordar, pensa ter ficado cego.
O menino pinta os óculos de seu avô enquanto este dorme. Ao acordar, o avô toma um susto, imaginando ter ficado cego, criando uma série de confusões na casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial